Lista de Natal – Na última hora

Sex, 21 de Dezembro de 2012 21:36
E-mail Imprimir PDF

Com a proximidade de 24/25 de dezembro, este é o momento de correr às compras. Para quem estremece só de pensar em enfrentar lojas com ar condicionado deficiente e multidões em frente aos caixas nos shopping centers, sempre há a opção de correr às livrarias de ruas que ainda existem. As últimas sugestões de livros para o Natal seguem aqui.

o-arlequimEstudo literário – A maior cidade da América do Sul já despontava como centro da modernidade nos anos 1920, quando o movimento modernista revoluciona a arte brasileira. Um de seus principais arautos é o protagonista real de O Arlequim da Pauliceia – Imagens de São Paulo na Poesia de Mário de Andrade (Geração /UEFS Editora, R$ 29,90). O farto registro fotográfico do crescimento da metrópole é complementado pelos poemas de Andrade, esmiuçados na pesquisa do escritor Aleilton Fonseca, em texto agradável, de fácil leitura por leigos.

noite-infelizReescritura – É difícil classificar os livros de Seth Grahame-Smith. Depois de incluir zumbis no mais famoso romance de Jane Austen e de transformar Abraham Lincoln em caçador de vampiros, ele torna a visita dos Reis Magos ao recém-nascido Jesus de Nazaré mais do que uma passagem bíblica. Em Noite Infeliz (Intrínseca, R$ 29,90), os três magossão foragidos da justiça que ajudam José, Maria e menino Jesus a escaparem dos guardas de Herodes, que ordenara a execução de todos os bebês primogênitos da Judeia.

cinquenta-tonsParódia – A onda de literatura pornográfica para mulheres alcançou Jane Austen, coitada. Só que 50 tons doSr Darcy – Uma paródia (Bertrand, R$27) já se explica pelo subtítulo. A autora Emma Thomas é o pseudônimo de um inglês “famoso”, informa a edição. O texto… bem, o texto segue a estrutura linguística empregada por Jane Austen e a narrativa do clássico Orgulho e Preconceito, porém há elementos do mundo contemporâneo, como comida industrializada e música pop, com toques de perversão e escatologia. Os personagens não têm qualquer densidade, falam e pensam em sexo o tempo todo. O livro está pronto para ser transposto para o cinema, pois parece roteiro para aquelas chanchadas que parodiam filmes de sucesso, como Todo Mundo em Pânico.

amor-em-fugaContos – Bernhard Schilink ficou conhecido no Brasil depois do filme O Leitor. Seus personagens vivenciam o remorso pela Alemanha nazista e o paroxismo perante um novo país, reunificado, mas com gerações que cresceram diferentes realidades políticas e sociais. Os sete contos de Amor em Fuga (Record, R$ 34,90) falam desse passado que permanece vivo para os alemães, com suas paixões, buscas e a solidão.

leao-da-toscanaBiografia – O mais velho atleta a vencer um Tour de France, em 1948, aos 34 anos, o ciclista italiano Gino Bartali é considerado um herói na Itália por ajudar a salvar centenas de judeus durante a Segunda Guerra Mundial, carregando identidades falsas no quadro de sua bicicleta, fingindo treinar pelas estradas do interior do país. Por recusar-se a fazer propaganda para o regime fascista, Bartali, que na época já havia ganhado seu primeiro Tour de France, caiu no ostracismo. Suas atividades junto à Resistência só foram reveladas nos anos 1970 e agora são contadas em O Leão da Toscana (Zahar, R$ 49,90).

Música – A história do mais popular instrumento do mundo é contada pelo espanhol Carlos Galilea em Violão Ibérico (Trem Mineiro, R$ 50). Apaixonado por samba, ele colheu depoimentos de violonistas brasileiros, além de dedicar um capítulo ao mestre Paco de Lucia, sem esquecer dos fadistas portugueses, dos mestres argentinos, espanhóis e os jazzistas americanos.

vermerEconomia – A partir da análise de peças de vestuário ou mobiliário mostrados em oito quadros do holandês JohannesVermeer, Timothy Brooks fala sobre negócios internacionais que despontaram no século XVII. Autor de livros e séries sobre a história e o comércio da China, Brooks se debruça sobre os negócios do Ocidente com o Oriente no delicioso O Chapéu de Vermeer – O século XVII e o começo do mundo globalizado (Record, R$ 47,90).

morte-subitaRomance – Depois de vender quase 500 milhões de livros com a série Harry Potter, J.K.Rowling decidiu escrever para adultos. O cenário agora é o menos sobrenatural possível, mas com um início tão instigante quanto as aventuras do bruxinho. Na pequena Pagford, distrito tão insignificante que não consegue ser elevado à categoria de município, um político influente morre, revelando conflitos sempre camuflados na aparentemente homogênea população local. Morte Súbita (Nova Fronteira, R$ 49,90) traz o desequilíbrio do mundo contemporâneo, sob a ótica sarcástica de Rowling.

Sobre Olga

Para alguns, existem deuses e religiões; minha devoção se dirige à literatura. Assim surgiu este blog, um dos milhões que nascem a cada segundo no planeta. Sem pretensões, só para compartilhar um dos prazeres solitários mais subversivos e incompreendidos de que dispomos.
Esse post foi publicado em Biografia, Comportamento, Contos, Economia, Romance, Sexo e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s